O tratamento da ansiedade com um Psicólogo Belga

Os sintomas da ansiedade e stress

O ser humano está, por natureza, exposto ao medo: uma situação ameaçadora, episódios de vida marcados pela incerteza, apreensão, são momentos que geram um sentimento de medo e perigo. Esse perigo pode ser fantasia real que é projetado por um trauma que temos e que não fomos capazes de superar.

Alguns medos são excessivos porque estão profundamente ancorados ao ser e surgem quando determinadas situações o estimulam. Alguns casos específicos são, por exemplo:

  • O medo “pânico” de ser reprovado nos exames, de não estar “à altura”.
  • O medo constante de perder o emprego.
  • Ansiedade por dinheiro e falta de dinheiro.
  • Preocupações com a segurança excessiva de seus filhos.
  • O medo da morte, da perda e até da obsessão

A crise da ansiedade

Às vezes a ansiedade torna-se tão forte que gera sensações físicas, e é assim que o corpo se expressa. Entre as manifestações mais comuns de stress e ansiedade estão:

  • Sensação de nó na garganta
  • Um nó no estômago
  • Cólicas intestinais
  • Suor
  • Palpitações
  • Ataques de asma
  • Dores musculares
  • Dores de cabeça
  • Dores de costas
  • Insónia
  • Pensamentos obsessivos
  • Dor moral
  • Impressão de “ficar louco”

Levados ao extremo, estes sintomas podem causar “ataques de ansiedade”- momentos em que os sentimentos são muito fortes e condensados, e dão origem a uma sensação de “perda de terreno”.

Quando esses sintomas são recorrentes e dificultam o seu dia a dia, é aconselhável consultar um especialista.

A ansiedade funciona como uma sirene de alarme. O corpo expressa violentamente aquele “algo” que não está a funcionar. Portanto, é o trabalho com um psicólogo que o ajudará a encontrar as origens e encontrar as ferramentas necessárias para enfrentar e controlar esta situação.

A ansiedade faz parte da vida

A ansiedade faz parte da vida. Medo, questões existenciais, provações da vida são alguns dos fatores que causam ansiedade em todo o mundo. O nosso estilo de vida atual e as diferentes necessidades das sociedades modernas – velocidade, desempenho, competição – são agora os fatores que aumentam o risco de ansiedade e nervosismo. A ansiedade é muito comum e assume diferentes formas dependendo da pessoa. Em todos os casos, quando a ansiedade nos deixa doentes e não podemos mais suportá-la, é fundamental obter a ajuda de um profissional, principalmente quando o corpo – o primeiro espelho da alma -, começa a esgotar-se.

Pare as crises e controle a ansiedade

Às vezes a ansiedade leva-nos a dimensões onde se tem a sensação de que “tudo está invadido”, que assume o controle de nossas vidas e aniquila o nosso livre arbítrio. É uma espécie de paralisia mental, em que as nossas ações e pensamentos estão acorrentados. O sofrimento causado por tal situação pode tornar-se totalmente insuportável. Alguns medicamentos podem ser prescritos para aliviar temporariamente essas condições, mas são apenas “curativos”. Mas só um trabalho psicoterapêutico aprofundado, para analisar a origem da ansiedade, permitirá realmente liberar a causa desse sofrimento.

Se tens perguntas ou preocupações adicionais, convidamos-te a que nos contactes para marcar uma consulta, ligando por telemóvel ou enviando um email com conhecimento do psicólogo desejado.

ansiedadwww.psychologue-belgique.be

Menú