Terapia de fobia

A detecção precoce de fobias e sua terapia podem deixar de lado todas as suas consequências, mas o que é uma fobia? quando geralmente aparece?

O que é uma fobia?

A fobia significa ter pânico, que é a personificação do medo. É um transtorno de saúde emocional que se caracteriza por um medo intenso e desproporcional de objetos ou situações específicas, como insetos (entomofobia) ou lugares fechados (claustrofobia). Sentimento de ódio ou rejeição que, embora não seja um distúrbio de saúde emocional, também é frequentemente classificado como fobia, gera muitos problemas emocionais, sociais e políticos.

Todos nós temos medo em certos momentos, em certas situações. A explicação geralmente é que o medo é uma forma de estar preparado para o perigo. Mas, às vezes, esses medos tornam-se muito intensos e irracionais. É aí é quando se começa a falar sobre fobias.

A fobia é um medo forte e persistente de certas situações, objetos, atividades ou mesmo pessoas. O sintoma desse transtorno de ansiedade é o desejo excessivo e irracional de evitar a todo custo o objeto que causa o medo. Quando o medo foge do controle da pessoa e acaba interferindo no quotidiano, é diagnosticado como uma fobia que deve ser tratada.

Quando aparecem as fobias?

Geralmente aparecem, pela primeira vez, na infância ou no início da vida adulta.

É muito importante que a fobia seja detetada a tempo para que seja tratada, pois se não o for, aumentará de intensidade e levanta limites a nós próprios cada vez mais.

É muito importante que nos primeiros sintomas peça ajuda a um psicólogo, para que a terapia o ajude a superar este estado de angústia para que possa levar uma vida plena e feliz sem limitações.

Se tens perguntas ou preocupações adicionais, convidamos-te a que nos contactes para marcar uma consulta, ligando por telemóvel ou enviando um email com conhecimento do psicólogo desejado.

fobias

Menú